D

Dra. Rosemary Aparecida Rutkowski Soler

Fisioterapeuta, Acupunturista e Terapeuta Holística

c

CONHEÇA A CONPAFIS

A CONPAFIS - Consultoria em Novos Paradigmas em Fisioterapia e Saúde foi criada por Rosemary Soler, fisioterapeuta neuropediatra, acupunturista e terapeuta holística, para oferecer a seus pacientes um serviço especializado, personalizado e integral.

Todo e qualquer atendimento realizado visa a reabilitação do ser humano como um todo, unindo as técnicas da fisioterapia com o conhecimento holístico de várias terapias complementares.

OBJETIVO DO BLOG

Este Blog foi criado para apresentar os SERVIÇOS OFERECIDOS pela CONPAFIS e, ao mesmo tempo, promover discussões sobre temas que envolvam a CURA INTEGRAL do ser humano. Por isso, sua opinião é muito importante! Aguardamos seus comentários. Até a próxima postagem!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

13 - PSICOSSOMÁTICA



AMOR E SAÚDE

"ESTOU TOTALMENTE DISPOSTA A APRENDER A ME AMAR"


O amor é um remédio milagroso. Amar a nós mesmos é algo que realiza milagres em nós mesmos.
Amar é ter um grande respeito por nós mesmos e uma grande gratidão pelo milagre de nosso corpo e de nossa mente.
Amor é apreciação a tal ponto, que ele enche nosso coração ao máximo e extravasa. O amor pode tomar qualquer direção.
Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.” Jesus

Algumas formas de negarmos o bem para nós (de não amarmos a nós mesmos) e algumas formas de pensamentos positivos, que poderemos adotar para mudar isso:
  • Censura e crítica: Eu estou disposta a perdoar e me libertar do passado. Perdoar significa soltar, desistir. Jamais se critique por nada.
  • Alimentos errados: Eu cuido do meu corpo só ingerindo alimentos que me farão bem. Não preciso de gordura para me proteger.
  • Não somos merecedores de amor: Eu sou amorosa e digna de amor.
  • Doença e dor: Toda doença tem origem num estado de não-perdão. A culpa procura punição e esta cria a dor.
  • Adiar fazer o melhor (o bem) para nós: Confio que tudo que preciso saber me é revelado e tudo que preciso vem a mim na hora, no espaço e na sequência certos. Escolho fazer o bem.
  • Caos e desordem: Amar e aprovar-se cria um espaço de segurança, confiança, merecimento e aceitação resultará na criação da organização da sua mente. Manter a ordem é amar-se.
  • Fardos: Acredito que posso remove todos os empecilhos criados por mim em minha vida.
  • Atrair pessoas que nos diminuem: Eu só atraio pessoas que valorizam meu ser, pois creio que mereço isso.
  • Falta de autovalorização: Eu posso ser perfeita, como quando era bebezinha, sem medo de pedir o que quero e cheia de amor e coragem.
Afirmações para mudar o foco de nossa mente:
  • O ponto do poder está sempre no momento presente.
  • Cada momento presente da vida é um novo ponto de começo.
  • Tudo está bem no meu mundo, bem aqui e agora mesmo.
*** Estudo dirigido, baseado no livro “VOCÊ PODE CURAR SUA VIDA” de Louise L. Hay, Ed. Best Seller

sexta-feira, 16 de abril de 2010

12 - INCLUSÃO - REATECH 2010


IX REATECH APRESENTA EXPOSIÇÃO ACESSÍVEL

E INCLUSIVA ‘CAMINHOS AMPLIADOS’
Quem visitar os estandes da IX Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, a ReaTech 2010, nos próximos dias 15 a 18 de abril, terá a oportunidade de conhecer a exposição fotográfica acessível e inclusiva “Caminhos Ampliados”, uma ação do Programa de Educação Inclusiva (PEI) da Secretaria Municipal de Educação de Osasco/ SP, com assessoria da ONG Mais Diferenças.
O PEI está sendo implementado pela Secretaria Municipal de Educação de Osasco desde 2005 e tem como um dos seus objetivos ampliar o acesso e a permanência com qualidade dos alunos com deficiência nas escolas. Segundo um levantamento da Secretaria de Educação, quando o programa iniciou havia 24 alunos incluídos na rede de ensino. Em 2009 este número chegou a 1.372 alunos em todas as modalidades de ensino.
O Programa de Educação Inclusiva desenvolve ações nos seguintes eixos: assessoria à gestão, formação, acessibilidade, comunicação e monitoramento e avaliação. Uma das ações desenvolvidas, construída juntamente com os profissionais da SE e da Escola Especial Edmundo Burjato foram as oficinas-piloto de fotografia e expressão corporal realizadas durante os meses de setembro a novembro de 2009.
A oficina buscou um território de comunicação na emoção compartilhada de criar imagens. Partindo dele, o trabalho experienciou com os alunos e os profissionais um caminho ampliado de autonomia e expressão.
Os resultados destas oficinas são uma exposição que contempla mais de 150 fotografias produzidas por 40 alunos, com idade de 18 a 50 anos e um vídeo do processo expressivo.
A exposição “Caminhos Ampliados” tem característica itinerante e chega agora à sua segunda exibição — a estreia aconteceu em fevereiro, durante o Encontro Internacional e o Fórum Mundial de Educação de Osasco.
“Caminhos Ampliados” é uma exposição que foi pensada em três momentos: os bastidores das aulas, o retrato dos alunos participantes e as fotos que compõem a exposição em si. Fruto de um trabalho coletivo, a exposição não tem um autor específico, sendo suas fotos atribuídas aos alunos dos grupos da manhã e da tarde da escola.
As fotos foram agrupadas em conjuntos de quatro ou seis imagens pelo curador do evento, o fotógrafo Everton Ballardin, com o objetivo de destacar de forma mais forte a expressão que individualmente as fotos produziriam. Ao aproximar essas imagens, a exposição demonstra, também, que é possível pensar de forma parecida, mesmo tendo olhares diferentes. “Pequenos diálogos são estabelecidos em cada painel, quer seja pela cor, pela forma ou pelo assunto das imagens”, conta Ballardin.
Para a Secretaria Municipal de Educação de Osasco “a arte abre as possibilidades de comunicação para todos. Nossos alunos, aproveitando-se da linguagem da fotografia, capturaram as imagens que os sensibilizavam no momento, expressando assim sua visão de mundo.”

Acessibilidade – O visitante com deficiência que conhecer a exposição “Caminhos Ampliados”, durante a ReaTech, terá à sua disposição: audiodescrição dos painéis em mp4, que inclui comentários em áudio do fotógrafo curador da mostra; programa da exposição e o texto da audiodescrição em braille e em letra ampliada; presença de Intérprete de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) e de monitores durante todo o horário de visitação da exposição; piso tátil direcional.

Serviço
Exposição acessível e inclusiva Caminhos Ampliados
IX Reatech
Quando: 15 a 18 de abril de 2010
Onde: Centro de Exposições Imigrantes, Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo/SP

terça-feira, 6 de abril de 2010

11 - REIKI


Histórico
Das origens do Reiki sabemos que Mikao Usui viveu de 1865 até 1926; era padre cristão em Kioto (Japão) e professor na Universidade local. Seus estudos se concentravam em descobrir como Jesus conseguia realizar seus milagres. Ele sabia que era possível curar com as mãos através da força vital que as mesmas emanavam, mas desconhecia de que modo isso funcionava. Em vão foi à América, para a Universidade de Chicago, tentar desvendar o segredo das curas milagrosas de Cristo. Ali se tornou Doutor em Teologia.
De volta ao Japão, e mais tarde na Índia, estudou sânscristo e as antigas escritas budistas, encontrando finalmente a chave da sabedoria antiga: uma fórmula em sânscrito baseada numa série de símbolos, os quais, acionados, ativam e captam a energia vital universal.
Depois, Usui ensinou a sabedoria a vários japoneses e fundou o sistema dos Mestres do Reiki. Um Mestre de Reiki recebe uma iniciação ligada a uma transmissão de energia de um grão-mestre, e é assim qualificado para despertar energias nas outras pessoas e transmitir o "Dom da Cura".
A americana de origem japonesa - Hawayo Takata - levou o Reiki para o Ocidente nos anos 40 e , em 1983, o Reiki entrou pela primeira vez no Brasil, trazido pelo Dr. Egídio Vecchio- PHd e tendo a Dr.ª Claudete França como primeira Mestre em Reiki em toda a América do Sul.
Reiki é um método de cura natural pelas mãos.
REI significa universal e KI a força da energia vital que está presente, pois pertence ao que é cósmico.
Reiki pode ser então definido como "a Arte e a Ciência da ativação, do direcionamento e da aplicação da Energia Vital Universal, para promover o completo equilíbrio energético, para prevenção das disfunções e para possibilitar as condições necessárias a um completo BEM ESTAR".
Esta é a ENERGIA que forma os indivíduos em todas as etapas da vida, a porção de FORÇA VITAL (que é uma luz invisível que passa pelo cérebro, o sistema nervoso e as veias) que anima todos os corpos, fazendo com que uns sejam saudáveis, e outros, devido a sua falta, enfermos.
O Reiki deve percorrer todo o ser vivo. Mas o "stress" diário, as tensões que as crises pessoais e sociais nos criam, a má alimentação, a má respiração, impedem o fluxo desta energia natural. Todos sabemos os efeitos da depressão, da ansiedade, do medo, mas poucos de nós somos treinados para evitar estes estados negativos.
O grande sucesso do Reiki é que é seguro, é fácil, acessível a qualquer criança, é simples e, uma vez ativado, permanece energizando o sistema orgânico que recebeu sua aplicação. Também por não ter conotação religiosa e não intervir com outros tratamentos, sua prática vem crescendo dia a dia.
Saiba:
1. Reiki é uma ciência energética. Reiki trabalha independente de qualquer sistema religioso.
2. Reiki é energia não polarizada, portanto, sempre segura.
3. Como o Reiki é não-polarizado, pode ser usado até por uma criança; pode ser usado para tratar, até mesmo, doenças crônicas; ou por um adulto de qualquer meio social.
4. Sendo não-polarizado, Reiki trabalha conjuntamente com qualquer outra forma de terapia incluindo medicamentos, quimioterapia, cirurgia, homeopatia, acupuntura, etc.
5. Porque Reiki é energia que emana do nível subatômico, quando fazendo o tratamento, o terapeuta utiliza primeiramente a Energia Reiki e de uma maneira menor, de toda energia inata do corpo. O terapeuta de Reiki não arrisca nada ao tratar de outros e o Reiki na verdade estará energizando-os quando eles tratam de outra pessoa. Após tratar muitos pacientes, por mais que estejam doentes, o terapeuta Reiki geralmente se sente mais energizado.
6. Reiki trabalha no plano causal, isto é, no nível da raiz da causa e como tal, trata o corpo como um todo; É holístico por natureza, porém não requer nenhuma habilidade em diagnosticar por parte do terapeuta. Por estas razões, Reiki pode ser usado eficientemente por qualquer pessoa de qualquer idade ou meio social.
Fonte: Associação Brasileira de Reiki

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...